Home » , , , , , , , » 10 dicas que os estudantes nota mil na redação do Enem 2014 nos ensinam para alcançar a nota máxima

10 dicas que os estudantes nota mil na redação do Enem 2014 nos ensinam para alcançar a nota máxima

Apenas 250 entre 6,2 milhões (0,004%) conseguiram nota máxima na redação do Enem, em 2014. Quais são os segredos desses estudantes? Neste post vamos falar sobre esses segredos, os segredos da redação nota mil. São relatos de estudantes que conseguiram tirar a nota máxima na redação do Enem 2014, conforme publicado pelo Portal G1. Se você está se preparando para o Enem, leia este post até o fim para descobrir como você também pode conseguir nota mil. Acredite, não é muito difícil, basta um pouquinho de esforço!

1. Conheça as regras do Enem

Esta é a dica de Vitória Garcia e Souza, 17 anos, uma dos 250 alunos nota mil na redação do Enem 2014.

"Eu estava habituada a exercitar a redação, aprendi a obedecer às cinco competências e agradar aos corretores. Toda semana fazia uma redação sem nenhuma fonte de consulta, só recebia o tema e escrevia, porque é assim no Enem. Não dá para pesquisar, tem que saber o tema, argumentar, criar um conflito e solucioná-lo." (Vitória Garcia e Souza)

O estudante deve desenvolver um texto dissertativo-argumentativo, com no mínimo 8 e no máximo 30 linhas. Neste formato de texto o estudante deve expor seus argumentos, de forma coerente, apresentando ao final uma proposta para solução do tema proposto.

Ao contrário do que muitos pensam o título na redação do Enem não é obrigatório, ficando a critério do candidato.

O candidato não poderá copiar em seu texto trechos dos Textos de Apoio, que servem de motivação par o desenvolvimento da redação.

De acordo com as Regras da Redação Enem, o texto será corrigido sendo observadas as cinco competências abaixo:

  • Competência 1: demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.
  • Competência 2: demonstrar compreensão da proposta da redação e aplicar conceitos de diversas áreas do conhecimento para desenvolver o tema.
  • Competência 3: demonstrar capacidade de selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações para defender um ponto de vista.
  • Competência 4: demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.
  • Competência 5: elaborar uma proposta de intervenção ao problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Cada competência tem o peso de 200 pontos. Por isso a redação vale 1.000 pontos.

Receberá nota zero na redação do Enem o candidato que fugir do tema, desconsiderar a estrutura dissertativo-argumentativa (escrever um texto narrativo ou uma poesia, por exemplo), escrever sete linhas ou menos, desrespeitar os direitos humanos, ou, é claro, deixar a folha de redação em branco.


2. Crie o hábito da leitura 
Nessa série de dicas para a conquista da nota mil na redação do Enem quero trazer aqui várias citações de estudantes que conseguiram realizar essa façanha. Então vamos lá...

"Importante é ler bastante e escrever para adq1uirir o hábito e ter um bom vocabulário. A leitura é fundamental para um bom texto." (Luis Athur Haddad)

"Acredito que a leitura foi o diferencial." (André Diniz)

"Para ter uma boa nota, eu diria que é preciso ler tudo que foi possível: jornais, livros. Isso para se acostumar a costurar as ideias, e não só lançá-las separadamente no texto..." (Giovana  Segat)

"A dica para ir bem na redação é ler bastante sobre tudo e não somente atualidades..." (Lucas Francisco)

"Ler ajuda muito a ter um vocabulário mais completo. Você percebe dicas de como escrever e é importante também ler o texto que está escrevendo." (Victoria Maria Luz)


Para alcançar a nota máxima na sua redação é preciso estar bem informado e atualizado não somente sobre os fatos, mas também sobre a ciência, as evoluções no campo da saúde, pesquisas e meio ambiente etc. É preciso se situar no mundo em todos os aspectos.

Quem lê com frequência, também, têm um repertório de vocábulos muito mais avançado do que aqueles que não possuem esse hábito e por isso podem selecionar o melhor termo para manifestar no papel as suas ideias.

3. Mantenha uma atitude mental positiva
Lucas Santos Barbosa, de Maceió, reprovou em 10 vestibulares. Em 2014 ele resolveu se preparar para o Enem e conseguiu a nota mil na redação. Segundo ele, 

"Tem que ter autoconfiança. No ano passado, eu coloquei dentro de mim que iria passar e estou esperando ser aprovado na Universidade Federal de Alagoas".

O QUE É A ATITUDE MENTAL POSITIVA?

"Não se trata certamente de ignorar a realidade dos fatos, nem tão pouco afirmar que tudo irá acabar por dar certo ou correr bem, ou que afinal aquilo que aconteceu não é assim tão terrível (quando na realidade é). Não se trata de transformar algo ruim em muito bom, não se trata de encarar tudo com um sorriso nos lábios, ou simplesmente dizer que melhores dias virão (ainda que isto possa acontecer). Não se trata de fingir, não se trata de fingir aceitar uma situação terrível através de afirmações positivas, não, não, não."

"A atitude mental positiva é realmente sobre o reforço da crença de que você pode decidir como reagir a determinadas situações difíceis em prol de si mesmo. Nunca é sobre mentir para si mesmo, é tudo sobre capacitar-se. Como todas as grandes realizações na vida, há sempre um primeiro passo. Sem esse primeiro passo fundamental, nada mais pode ocorrer. Estou a falar aqui da sua atitude face a algo, algo que quer melhor, algo que está a enfrentar, algo que quer conquistar, algo que receia. A crença de que você pode, ou não pode vai influenciar tudo o que se segue." ( Miguel Lucas)

4. Debates sobre temas relevantes
Debater os grandes temas da atualidade, que possivelmente serão cobrados pelo Enem, é um ótimo ingrediente como preparo para a prova de redação do Enem. Os alunos que conseguem a nota máxima revelam que isso é uma prática comum durante seus estudos, como afirma Victoria Maria Luz, de Piauí: 

"Também tive um acompanhamento escolar muito intenso com oficina para produção de textos onde discutimos diversos tema e depois produzíamos textos."

5. Conheça as técnicas para escrever um texto dissertativo
Conhecer as técnicas para escrever um texto dissertativo significa possuir domínio do texto dissertativo-argumentativo, com proposição, argumentação e conclusão. É conhecer a estrutura da dissertação, como iniciar a introdução, o desenvolvimento e a conclusão e como trabalhar a progressão textual através do uso correto dos conectivos e, tudo isso depois de planejar a sua redação.

Maria Eduarda disse que decidiu investir em um curso preparatório e na técnica passada pelos professores para alcançar o seu objetivo. Veja o que outros estudantes que tiveram nota mil na redação disseram:

"Há dois anos que não fazia redação e nem me exercitei muito. Quando vi o tema fiquei com preguiça na hora e decidi usar as técnicas que já tinha aprendido." (João Pedro Maciel Schlaepfer)

"Foi um tema pouco trabalhado, mas quando você sabe a técnica, sabe que está preparado." (Dandara Costa)

6. Concilie estudo e lazer para evitar o estresse
Paula Freire diz que se dedicou aos estudos durante o ano, mas não abriu mão das horas de lazer para "não estressar". 

A tranquilidade de Luis Arthur Novais Haddad foi respaldada por uma preparação organizada, intensa e equilibrada. Segundo ele, tem que ter horário de estudos, mas também tem que relaxar, para não ter estresse. 

Veja algumas dicas que encontrei no site Doctor Pré-Vestibular. Elas servem para você saber como conciliar lazer x estudo:

Estabeleça horários de estudo e horários para o lazer: fazer um cronograma pode te ajudar a se organizar e cumprir melhor suas metas;

Evite "alongar" os períodos de lazer: o famoso "vou ficar fazendo isso só mais 20 minutinhos" pode se estender por horas;

Evite festas: elas te deixam extremamente cansado, e, para os que gostam de beber, com aquela ressaca desgraçada. E é impossível estudar de qualquer uma destas maneiras. Mas se você não vive sem uma baladinha, vá sim. Mas apenas com menos frequência, e tente ir embora mais cedo pra casa, e não abusar do álcool;

Não se sobrecarregue: não fique desesperado estudando manhã, tarde e noite e só parando pra tomar banho e dormir. Tenha um tempo de pausa. É importante tanto para seu cérebro poder ter tempo de processar o conteúdo estudado, quanto para você não se estressar.

Tenha seu lazer: reserve sempre um horário do dia, ou alguns horários durante a semana, para o que te dá prazer. Apenas cuide para não ser um tempo muito grande, ou para que isso não atrapalhe seus estudos.

Se não conseguir, saiba equilibrar: algumas pessoas simplesmente não conseguem deixar de lado suas atividades prazerosas, mesmo por um tempo, e isso acaba diminuindo seu rendimento na hora de estudar. Se você funciona assim, pode continuar tendo seu lazer, apenas cuide para não exagerar e querer, por exemplo, ir em balada todo dia.

7. Escreva e reescreva muitas redações
Treinar redação é a melhor forma de aprender as técnicas da escrita do texto dissertativo. Esta é uma prática constante entre os estudantes que obtêm a nota máxima na redação do Enem. Deve-se escrever uma redação por semana, se possível, uma por dia, porém, sem qualquer tipo de pesquisa prévia. O ideal é seguir as propostas disponibilizadas semanalmente por sites especializados no assunto, como fazia Vitória Garcia e Souza, de Rio Branco. Giovana Segat, outra aluna nota mil, acredita que a receita para o sucesso na redação é o treinamento. Veja outros depoimentos:
  
 "Eu fiz muita redação porque sei que quem treina mais sempre escreve melhor..." (Paula Freire) 

"A cada semana, fazia no mínimo duas redações, corrigia e via os problemas". ( Luis Arthur Novais Haddad)

"Após os debates em sala de aula partimos para a prática, depois os professores corrigem e devolvem aos estudantes para que o texto seja reescrito, assim o treinamento passou a ser constante." (Victória Maria Luz)

"Fiz cursinho por dois anos, e tentava fazer pelo menos uma redação por semana..." ( Andréia Lira)

"... o "segredo" da nota máxima é escrever muitas redações e acompanhar a explicação de corretores." (Vanessa Feijó)

"...quando você começa a fazer muita redação, com frequência, você cria uma prática e desenvolve melhor qualquer tema proposto." (Antônio Ivan Monteiro Júnior)

"Eu, muitas vezes, chegava a escrever três redações em um só dia". Antônio Ivan Monteiro Júnior)

8. Invista em um curso de redação
Maria Eduarda disse que decidiu investir em um curso preparatório e na técnica passada pelos professores para alcançar seu objetivo.Luis Arthur Novais Haddad tinha aulas de redação no Colégio onde estudava, em Juiz de Fora, no entanto, como ele afirma, fez curso de redação por fora.

Vanessa Feijó disse que em 2014 treinou muito redação no laboratório do cursinho mas não esperava tirar mil de jeito nenhum, estava até nervosa...

Giovana Segat diz que durante os meses de 2014 ela redigia textos dissertativos toda semana que sempre eram corrigidos no cursinho preparatório.

Em um curso de redação você irá
  • rever e treinar redação sob a supervisão de um professor;
  • melhorar seu desempenho em uma parte específica da redação;
  • aprender como:
  1. construir um título, 
  2. escrever uma introdução,
  3. escrever o desenvolvimento,
  4.  escrever a conclusão,
  5. escrever um texto coeso e coerente, etc.
9. Use boas citações na sua redação
As citações valoriza bastante a sua redação, mas desde que ela seja algo natural, bem articulada com o texto. 

"A citação nada mais é do que eu usar as palavras de outra pessoa. É uma estratégia interessante. Imagine levar o apoio de Jesus Cristo, Sócrates, presidentes da república, pensadores, filósofos e artistas consagrados para o seu texto? A citação faz mais ou menos isso.

Existem dois tipos de citações que você deve saber: a direta e a indireta." (Blog do Gramaticando)

O sergipano Lucas Almeida Francisco, 17 anos, surpreso com o excelente desempenho, acredita que o hábito de escrever e ler e a citação do sociólogo Pierre Félix Bourdieu e do filósofo Michel Foucault, para fundamentar a argumentação, foram decisivos para o resultado.

“Uma frase do teórico Pierre Bourdieu, sobre a influência da mídia, foi a segurança do bom desempenho na minha redação. (...) Ela foi a cereja do bolo”. (Lorena Barreto Araújo, de 19 anos)

10. Peça para um especialista corrigir a sua redação
O décimo segredo da redação nota mil é um dos mais importantes junto com o treinamento de redação. Não é possível treinar redação sem ter alguém para corrigi-las e mostrar os erros cometidos, o que você fez e o que deixou de fazer, onde você precisa melhorar, etc. 

Se a correção for bem feita, completa, você nem vai precisar fazer um curso de redação, pois, o próprio corretor já passa todas as dicas necessárias para o seu texto dissertativo ficar perfeito.

Os estudantes que conseguem nota mil na redação do Enem sempre tem seus textos corrigidos por especialistas em redação, veja o que alguns dizem:

"Eu fiz muita redação porque sei que quem treina mais sempre escreve melhor. Fazia e pedia para os professores corrigirem os erros". (Paula Freire)

"Eu tinha redação no colégio, no entanto, também fiz curso de redação por fora. A cada semana, fazia no mínimo duas redações, corrigia e via os problemas”. (Luis Arthur Novais Haddad)

"Após os debates em sala de aula partimos para a prática, depois os professores corrigem e devolvem aos estudantes para que o texto seja reescrito, assim o treinamento passou a ser constante". (Victoria Maria Luz)

"Durante os meses de 2014, ela redigiu textos semanais que sempre eram corrigidos no cursinho preparatório". (Giovana Segat)

Certamente que o Enem não é uma prova fácil. Com seus dois dias de provas, com 180 questões, mais a redação, o exame é quase uma maratona. O ideal é seguir o exemplo desses alunos nota mil e começar a se preparar para o Enem desde o começo do ano. Assim, quando chegar o dia do exame você estará afiado e realizará a prova com a máxima tranquilidade.

0 comentários:

Postar um comentário