6 elementos que compõem um ato de comunicação

Todo texto é um ato de comunicação. É por meio da comunicação que nos relacionamos em sociedade. Desde o bom dia que você diz de manhã, passando pela leitura do jornal, na identificação das placas de trânsito, a escolha do prato do cardápio no restaurante, o noticiário na TV. Tudo isso  é comunicação. Em todas essas práticas é possível reconhecer os 6 elementos que compõem um ato de comunicação, que são os descritos a seguir.


Para haver uma comunicação é necessário que exista um emissor, também chamado de remetente. O emissor é aquele que cria, modifica e envia a mensagem. Pode-se tratar de uma única pessoa ou de um conjunto de pessoas representadas por um partido político, um sindicato, uma empresa, uma emissora de televisão. Também não podemos nos esquecer da outra ponta da comunicação, daquele que recebe a mensagem. O receptor ou o destinatário é a pessoa a quem a mensagem se dirigem. Ele recebe e também decodifica a mensagem. O receptor também pode ser uma única pessoa ou um grupo.

Outra parte também importantíssima da comunicação é a própria mensagem, que é o texto, o enunciado transmitido. E chamamos de canal o meio pelo qual a mensagem é veiculada. Código é o sistema de sinais e suas regras de combinação, que o emissor usa para codificar a mensagem e que o receptor usa para decodificá-la. Já o referente é o tema, o assunto sobre o qual trata a mensagem.
Para que você possa entender melhor como esses elementos combinam durante a comunicação, vamos analisar a convocação de uma assembleia geral extraordinária de um condomínio.

Ilustríssimo Senhores
Condôminos do Edifício Olímpia,


Na qualidade de síndico do referido edifício, convoco vossas senhorias a comparecerem à Assembleia Geral Extraordinária, a ser realizada no salão de festas do edifício, no dia 3 de dezembro, às 20 horas, para exame, discussão e aprovação das contas do período.

Atenciosamente,
Fulano de Tal.



Sobre essa carta podemos dizer que o emissor é o síndico do edifício, pois foi ele que codificou e produziu a mensagem. O receptor ou, no caso, os receptores são os condôminos, os moradores do edifício, pois eles vão receber e decodificar a mensagem. Já a mensagem é o texto da carta, que trata do referente, isto é, do assunto, a convocação para a assembleia. O papel em que a carta foi escrita é o canal e o código é a língua utilizada, no caso, o nosso português.

Quando vamos analisar um texto precisamos conhecer não só os elementos que compõem um ato da comunicação, mas também entender o papel que cada um exerce na elaboração do sentido. Se não soubermos identificar o papel de cada um, como acabamos de ver, corremos o risco de não compreender o que está escrito. Por isso não se esqueça dos 6 elementos do ato da comunicação: código, mensagem, emissor, receptor, canal e referente.¹

Leia também: 

0 comentários:

Postar um comentário