Operadores argumentativos - Exercícios

01. (IPAD/GOV.PE) Análise as afirmações a seguir, acerca de recursos linguísticos utilizados.

1. No trecho: "Se a pessoa for "leiturizada", ou seja, já souber como se estrutura um texto...", a expressão sublinhada foi empregada para introduzir uma retificação. 

02. "exigido bestamente em concursos públicos" equivale semanticamente a "exigido despropositadamente em concursos públicos". 

03. No trecho: "Como sempre tive o costume de escrever, às vezes, fico a pensar:", o segmento sublinhado tem valor causal. 

04. O pronome sublinhado no trecho: "pessoas que leem bastante e frequentam ambientes nos quais prevalece o uso da língua padrão..." poderia ser substituído por "em que", preservando-se o sentido. 

Estão corretas:
a) 1, 2, 3 e 4
b) 2, 3, e 4, apenas
c) 1, e 3, apenas
d) 2 e 4, apenas
e) 1, 3 e 4, apenas

2. Observe que em "E para que esse sonho não fique só na cabeça, o projeto já começou a ser colocado em prática.", a locução sublinhada expressa uma relação de 'finalidade'.

Analise, nas alternativas abaixo, as relações semânticas expressas pelos termos sublinhados. (Verdadeiro ou Falso)

1. Como esse sonho não ficou só na cabeça, o projeto já começou a ser colocado em prática. (Expressa-se uma relação de causalidade). 

2. Desde que esse sonho não fique só na cabeça, o projeto vai começar a ser colocado em prática. (Expressa-se uma relação de condição).

3. O projeto deve começar a ser colocado em prática, se é que esse sonho não ficou só na cabeça. (Expressa-se uma dúvida em relação à possibilidade de realização do que foi afirmado).

4. Contanto que esse sonho não fique só na cabeça, o projeto começará a ser colocado em prática. (Expressa-se uma relação de temporalidade).

5. O projeto já começou a ser colocado em prática, por mais que o sonho pareça ter ficado só na cabeça. (Expressa-se uma relação de concessão).

3. (IPAD-PE/SENAC) Acerca das relações lógico-semânticas presentes no Texto 1, analise o que se afirma a seguir. (Verdadeiro ou Falso)

1. "os resultados do IDEB no Brasil vêm demonstrar o porquê da dificuldade de o país atingir níveis sociais parecidos com os do "primeiro" mundo, apesar das riquezas naturais, de certos setores que alavancam a economia e das inteligências, que não ficam atrás das melhores cabeças do mundo". - Nesse trecho, evidencia-se uma relação concessiva. 

2. "Enquanto as autoridades não olharem com interesse o problema da educação no Brasil, qualquer investimento social não vai  apresentar resultados duradouros." - Nesse trecho, há concomitância temporal entre as ideias apresentadas.

3. "A escola deveria ser o complemento, o que dá as ferramentas, o estofo e o embasamento para exercício da cidadania, com seus direitos e deveres. Porém, infelizmente, o que temos no nosso país são muitos maus modelos". - Nesse trecho, o termo sublinhado sinaliza uma mudança na orientação argumentativa.

4. "Não adianta a tecnologia avançada, computadores de última geração em casa ou nas salas de aula, se a criança não tiver a cabeça feita, uma boa formação, que lhe oriente como aproveitar de maneira inteligente todo esse conhecimento". - Nesse trecho, pode-se reconhecer uma relação condicional.

Estão corretas: 
a) 1 e 2, apenas
b) 1 e 3, apenas
c) 3 e 4, apenas
d) 1, 2 e 4, apenas
e) 1, 2, 3 e 4

5. (COVEST/UFPE-UFRPE) Articule as informações abaixo em um ou dois períodos. Use os conectores adequados para sinalizar as dependências semânticas entre essas informações. Faça as adaptações que julgar necessárias.

1) A medicina estética progrediu muito.
2) Os recursos de 30 anos atrás parecem, atualmente, medievais.
3) Junto com as novidades, surgiu uma série de riscos.
4) Os pacientes preferem encarar os riscos.

6. (FBV-PE) Reúna, em um único período, as informações expressas nos segmentos abaixo. Estabeleça entre os segmentos 'A' e 'D' uma relação explícita de concessão.

A - A leitura virou uma espécie de mito da sociedade moderna.
B - Pela atividade da leitura, ampliamos nosso repertório de informações.
C - É possível, pela leitura, conhecer melhor as particularidades da escrita.
D - A leitura continua sendo um hábito raro e restrito a poucos.

0 comentários:

Postar um comentário