Colocação pronominal

Colocação pronominal é o estudo da colocação dos pronomes oblíquos átonos (me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes) em relação ao verbo a que se referem. Eles podem estar antes do verbo (próclise), no meio do verbo (mesóclise) e depois do verbo (ênclise).


Próclise
Pronome antes do verbo (pronome proclítico). É obrigatória quando houver palavra que atraia o pronome para antes do verbo. Às palavras que atraem (puxam) o pronome para antes do verbo são:
  • Palavras de sentido negativo
    • Ex.: Nunca me deram uma justificativa.
  • Advérbios
    • Ex.: Sempre me deram uma justificativa.
    • Observação: Se houver vírgula depois do advérbio, ele deixa de atrair o pronome. Ex.: Aqui se trabalha. Aqui, trabalha-se.
  • Pronomes indefinidos e demonstrativos neutros
    • Ex.: Alguém o informou os novos problemas.
    • Isto te pertence. (Pronomes neutros são aqueles invariáveis).
  • Conjunções subordinativas
    • Ex.: Embora me dissesse as razões, não fugi.
  • Pronomes relativos
    • Ex.: As pessoas de que me falaram chegou.
  • OBSERVAÇÕES:
    • Estão corretas as frases: 
      • É difícil entender quando se não ama.
      • É difícil entender quando não se ama
    • A palavra que sempre atrai o pronome
      • Desejo (que) me compreendam.
    • Orações optativas/exprimem desejo
      • Deus te abençõe!
Mesóclise 
Pronome nomeio do verbo (pronome mesoclítico). É obrigatória com o verbo no futuro do presente ou no futuro do pretérito, desde que não haja antes palavra atrativa.

Ex.:
  • Convidar-me-ão para a festa.
  • convidar-me-iam para a festa.
Se houver palavra atrativa, a próclise será obrigatória.
  • Ex.: Não me convidarão para a festa.
Ênclise 
Pronome após o verbo (pronome enclítico). É obrigatória com:
  • Verbo no início da frase
    • Ex.: Enviaram-me a correspondência.
  • Verbo no imperativo afirmativo
    • Ex.: Alunos, comportem-se.
  • Verbo no gerúndio
    • Ex.: Saiu, deixando-nos por instantes.
  • Observação: Se o gerúndio vier precedido de preposição ou de palavra atrativa, ocorrerá próclise. Ex.: 
    • Em se tratando de leis, sou leigo.
    • Saiu da sala, não nos dizendo os motivos.
  • Verbo no infinitivo impessoal.
    • Ex. Era necessário ajudar-te.
    • Observação: Infinitivo impessoal precedido de palavra negativa ou de preposição pode colocar o pronome antes ou depois do verbo: Ex.:
      • Era necessário não (te) ajudar(-te).
      • Estou apto a (te) ajudar (-te). 
  • Diante de locuções verbais e tempos compostos:
    • Verbo principal no infinitivo ou no gerúndio. Ex.:
      • Desejo-lhe mostrar tudo. (ou Desejo mostrar-lhe tudo.)
      • Ia-lhe dizendo a verdade. (ou Ia dizendo-lhe a verdade.)
    • Com palavra atrativa antes da locução. Ex.:
      • Não lhe desejo mostrar tudo.
      • Não desejo mostrar-lhe tudo.
    • Com verbo principal no particípio, faz-se a colocação segundo o tempo do verbo auxiliar. Ex.:
      • Havia-lhe avisado dos perigos.
      • Não a tinha visto por aqui antes.
      • Tê-lo-ia percebido, se me avisassem.
      • Ccom pronome oblíquo átono depois do auxiliar. 
        • Ex.: Vou-te mandar ajuda. (ou Vou te enviar ajuda.)

0 comentários:

Postar um comentário