Home » » Respostas de acentuação gráfica - Exercícios

Respostas de acentuação gráfica - Exercícios

01. (UFF-RJ) Só numa série abaixo estão todas as palavras acentuadas corretamente. Assinale-a:

a) rápido, séde, côrte 
b) ananás, ínterim, espécime
c) corôa, vatapá, automóvel
d) 
cometi, pêssegozinho, viúvo
e) 
lápis, raínha, côr

02. (PUCC-SP) Assinale a série em que todos os vocábulos estão escritos de acordo com as normas vigentes de acentuação gráfica:

a) ítem, fi-lo, juri, córtex, íbero  
b) luís, vírus, eletron, hífens, espírito
c) 
hiper, táxi, rúbrica, bênção, récorde
d) 
através, intuito, álbuns, varíola, sauna
e) dólar, zebu, ritmo, atraí-lo, bangalô

03. Identifique as regras de acentuação utilizadas nos vocábulos abaixo:

a) xícara (acentuam-se todas as proparoxítonas)
b) razão (não acentuam as oxítonas terminadas em ‘ão’)
c) hífen (acentuam-se as paroxítonas terminadas em ‘em’ ou ‘n’)
d) parabéns (acemtuam-se as oxítonas terminadas em ‘ens’)

 04. Escreva corretamente os sinais gráficos retirados de forma intencional das palavras dos textos abaixo:

a) Inversoes linguísticas e estilo rebuscado podem ser itens valorizados na literatura. Na comunicaçao de negocios, os excessos estilisticos se trasformam em ruido, atrapalhando a compreensao e distanciando o leitor do emissor.

Resposta: Inversões linguísticas e estilos rebuscado podem ser itens valorizados na literatura. Na comunicação de negócios, os excessos estilísticos se transformam em ruído atrapalhando a compreensão e distanciando o leitor do emissor.

 b) Nao deixe que fiquem duvidas. Muitas vezes asa duvidas sao criadas pela falta de precisao generica, que tangencia os objetivos especificos da mensagem, mas nao os atinge.

Resposta: Não deixe que fiquem dúvidas. Muitas vezes as dúvidas são criadas pela falta de precisão genérica, que tangencia os objetivos específicos da mensagem, mas não os atinge.

05. Reescreva os vocábulos seguintes, corrigindo-os segundo as regras de acentuação gráfica prescritas pelo novo Acordo Ortográfico:

panacéia, idéia, européia, alcatéia, estréio, epopéia, estóico, paranóico, heróico, heróico, alcalóide, andróide, asteróide, apóio, jóias, bóia e tramóia.

Resposta: panaceia, ideia, europeia, eucateia, estreio, epopeia, estoico, paranoico, heroico, alcaloide, androide, asteroide, apoio, joias, boia e tramoia.

06. (CESGRANRIO-RJ) Assinale a opção em que os vocábulos obedecem à mesma regra de acentuação gráfica:

a) terás / limpida
b) necessário / verás
c) dá-lhe / necessário
d) indêndio / também
e) extraordinário / incêndio (paroxítonas terminadas em ditongo)

07. (UFJF-MG) As palavras se agrupam pela mesma regra de acentuação em:

a) é, só, até
b) também, através, aí
c) involuntária, hermético, substituível
d) arrogância, inconsistência, mistério (paroxítonas terminadas em ditongo)
 e) arbitrária, água, transpô-la

 08. Assinalar a alternativa na qual a acentuação gráfica das palavras se justifique da mesma forma que em 'glória', 'papéis', 'hermenêutica', respectivamente.

a) maiúscula, tríduo, rédea
b) estoico, obliquem, Bocaiúva
c) próton, tranquilo, saúde
d) órfão, constrói, pífano (paroxítona terminada em ditongo, ditongo aberto forte no fim da palavra, proparoxítona)
 e) réu, bilíngue, pégasus

09. (FGV-RJ) Assinale a alternativa em que todas as palavras estão corretamente grafadas:

a) raiz, raízes, sai, apóio, Grajau
b) carretéis, funis, índio, hifens, atrás
c) juriti, ápto, âmbar, dificil, almoço
d) órfão, afável, cândido, catéter, Cristovão
 e) chapéu, rainha, Bangú, fossil, conteúdo

10. (UFSCar-SP) Estas revistas que eles ... , ... artigos curtos e manchetes que todos ... .

a) leem - tem - vêem
b) lêm - têem - vêm
c) leem - têm - veem
d) lêem - têm - vêm
 e) lêm - tem - vêem

11. (AMAN-RJ) Das palavras abaixo, uma admite duas formas de justificar o acento gráfico, por enquadrar-se em duas regras de acentuação:

a) combustível
b) está
c) três
d) países
e) veículos (proparoxítona, hiato)

13. (UM-SP) Assinale a alternativa em que a acentuação da forma verbal está incorreta:

a) Os pais não veem graça nos atos dos filhos indisciplinados.
b) Toda sua conversa contém palavras ora de revolta, ora de ternura.
c) Nada me perturba a paz interna, nem mesmo quando a minha consciência me argúi.
d) Em quase todas as reuniões, os ministros retêm as reformas dos planos de ensino.
e) Seus atos inconscientes intervém constantemente na minha tranquilidade.

14. (UM-SP) Assinale a alternativa que completa corretamente as frases:

1) Normalmente ela não ... em casa.
2) Não sabíamos onde ... os discos.
3) De algum lugar ... essas ideias.

a) pára - pôr - provém
b) para - pôr - proveem
c) pára - por - provêem
d) para - pôr – provêm (=provir)
e) para - por - provém

15. (FGV-RJ) Assinale a alternativa que completa corretamente as frases:

I. Cada qual faz como melhor lhe ( * )
II. O que ( * ) estes frascos.
III. Neste momento os teóricos ( * ) os conceitos.
IV. Eles ( * ) a casa do necessário.

a) convém, contêm, reveem, proveem
b) convém, contêm, revêem, provêm
c) convém, contém, revêem, provém
d) convêm, contém, revêem, proveem
e) convêm, contêm, reveem, provêem

29 comentários:

  1. Respostas
    1. ...que tangencia os objetivos... "tangencia", nessa frase, é verbo e não substantivo, veja a diferença no dicionário Aulete:

      (tan.gên.ci:a) Geom. sf.
      1. Contato pontual entre duas linhas ou duas superfícies.
      2. O ponto desse contato.

      (tan.gen.ci.ar) v.
      1. Fig. Tratar (algo) superficialmente: O discurso do diretor apenas tangenciou questões importantes
      2. Passar perto de: A ferrovia tangencia a cidade: Seu medo tangencia o pânico
      3. Traçar uma tangente (xx) com: A luz do poste tangenciava os telhados

      Excluir
  2. Ola, boa tarde, na questão 14 a palavra "pára" é um verbo e é acentuada: Normalmente ela não pára em casa, portanto a questão deveria ser revista, obrigado !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com o Novo Acordo Ortográfico os acentos diferenciais, que são usados para distinguir duas palavras iguais com significados diferentes, como por exemplo pára (do verbo parar) e para (preposição) deixaram de existir.

      Exceção
      Como toda regra há exceção, o acento diferencial permanece:

      * Pôde (do verbo poder no passado), que mantém o acento para se distinguir de pode, o uso do verbo no presente;
      * Pôr (verbo), que mantém o acento para se diferenciar da preposição por."

      Excluir
    2. Não existe mais o acento diferencial, com exceção de pôr(verbo) e por(preposição) e pode(presente) para diferenciar de pôde(passado). Portanto a questão está correta...

      Excluir
  3. Sobre a questão 3, a palavra "hifens" não tem acento conforme o novo acordo paroxítonas terminadas em ou ens não tem acento, como polem, homem, hifem (e seus plurais). Não é??? Fiquei confusa. Veja: http://educacao.uol.com.br/disciplinas/portugues/reforma-ortografica-acentuacao-grafica-tabela-traz-regras-ja-de-acordo-com-a-nova-ortografia.htm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Veja:

      Oxítonas – acentuam-se as terminadas em A (S), E (S,) O (S), EM, ENS
      paroxítonas – contrário de oxítonas, ou seja, se terminar em A (S), E (S,) O (S), EM, ENS não se acentuam.

      Assim, HIFENS não leva acento porque é paroxítono terminado em -ens e HÍFEN, paroxítono terminado em -en fica com acento.

      Excluir
  4. na questão 03 pergunto: razão não tem acento? A sua justificativa é plausível, visto que, as a regra de acentuação para as oxítonas são as palavras terminadas em a, e e o seguidas ou não de S. No entanto, ao compulsar o VOLP, notei que razão leva acento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Razão não tem acento porque o til não é acento gráfico, ele é chamado de notação léxica ou diacrítica ou simplesmente diacrítico. É um sinal indicativo de nasalização.

      Excluir
  5. Na questão 8.Pífano não é ditongo,não entendi sua explicação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiro identifique a regra de cada palavra e em seguida responda as alternativas. A acentuação das palavras glória, papéis e hermenêutica se justificam da mesma forma que a acentuação de órfão, constrói e pífano.

      Glória e órfão - paroxítonas terminadas em ditongo
      Papéis e constrói- ditongos orais de pronúncia aberta (fim da palavra)
      Hermenêutica e pífano - proparoxítonas

      Excluir
  6. Na questão 1 porque a alternativa D não está correta?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O diminutivo de "pêssego", "pessegozinho" não tem acento.

      Excluir
    2. pessegozinho é uma paroxítona terminada em o, logo não se acentua. E mesmo se acentuasse repare que logo na primeira sílaba ele já esta acentuado situação que não pode ocorrer diante da quantidade silábica. Espero ter ajudado :D

      Excluir
  7. Na questão 1 por que a alternativa C não esta certa?
    Por que na 9 a resposta não é a A?
    Esse site é ótimo, tem me ajudado muito!

    ResponderExcluir
  8. Obrigado Mari, que bom que o blog está sendo útil... Mari, a letra C da questão 1 não está correta porque "coroa" não tem acento circunflexo. Não questão 9, a alternativa A não está correta porque "apoio" não tem acento.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns pelo conteúdo.

    ResponderExcluir
  10. uma dúvida: na questão 06 você colocou arrogância e inconsistência como sendo paroxítonas, só que ao consultar o aulete está separado como proparoxítona. Qual das duas versões está certa?

    ResponderExcluir
  11. Você quis dizer "na questão 07"? News:, se você observar bem no Aulete, vai ver que a última sílaba está separada por dois pontos (:), assim:

    (in.con.sis.tên.ci:a)
    (ar.ro.gân.ci:a)
    (mi.sé.ri:a)

    Vou citar aqui um texto de Cláudio Moreno que explica bem esse caso, só que falando sobre a palavra miséria, que também é paroxítona. Se quiser ler o texto completo pode seguir este link:

    http://wp.clicrbs.com.br/sualingua/2009/05/08/paroxitona-ou-proparoxitona/

    "Meu caro Gilson: a professora tem razão. Miséria é uma paroxítona terminada em ditongo crescente. Exatamente por isso (devido à elasticidade dos ditongos crescentes na pronúncia), a sílaba final pode — repito: pode —, numa pronúncia escandida, ser dividida em duas (/mi-sé-ri-a), o que transforma palavras desse tipo, NA FALA, em proparoxítonas. Alguns autores, inclusive, para assinalar o fato, dizem que as paroxítonas terminadas em ditongo crescente podem ser chamadas de proparoxítonas eventuais, relativas ou acidentais — mas elas continuam a ser paroxítonas..."

    ResponderExcluir
  12. muito bom, tem me ajudado bastante.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia! Muito obrigada por disponibilizar o conteúdo!
    Tenho uma dúvida. Na questão 11, "PAÍSES" também não se enquadraria em duas regras de acentuação gráfica? Já que seria uma paroxítona e um hiato (PA-Í-SES) ? Gostaria muito que tirasse minha dúvida, um abç!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não Litthy. A palavra "países" é acentuada apenas porque apresenta "i" tônico, precedido de vogal e formando hiato e não porque é paroxítona.

      Excluir
  14. Realmente dúvida cruel essa aí se veículo é acentuado tendo duas regras em que uma é proparoxítona e outra hiato, porque que pa-í-ses paroxítona e também hiato não é?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As regras que temos para estes casos são as seguintes:

      1) Í e Ú levam acento se estiverem sozinhos na sílaba (hiato) em palavras oxítonas e paroxítonas. Exemplos: saída, saúde, miúdo, aí, Araújo, Esaú, Luís, Itaú, baús, Piauí;

      Se o i e u forem seguidos de s, a regra se mantém: balaústre, egoísmo, baús, jacuís. 2. Não se acentuam i e u se depois vier 'nh': rainha, tainha, moinho. 3. Esta regra é nova: nas paroxítonas, o i e u não serão mais acentuados se vierem depois de um ditongo: baiuca, bocaiuva, feiura, saiinha (saia pequena), cheiinho (cheio). 4. Mas, se, nas oxítonas, mesmo com ditongo, o i e u estiverem no final, haverá acento: tuiuiú, Piauí, teiú. (Fonte: Educação Uol)

      2) As paroxítonas terminadas em a(s), e(s), o(s), em e ens não são acentuadas.

      Por isso, "países" admite apenas uma forma de justificar o acento gráfico.

      Excluir
  15. gostei aprendi agora essa explicação foi fundamental dei uma pesquisada e encontrei um macete legal. esse aqui paroxítonas que são acentuadas todas que terminam com L I(s) N U(s) X Ã(s) ÃO(s) UNS PS DITONGOS. E ALGUMAS REGRAS ESPECIAS COMO VC MENCIONOU. OBRIGADO PELA EXPLICAÇÃO.

    ResponderExcluir
  16. Ainda sobre a questão da palavra PAÍSES, resumindo ela só é acentuada pela regra do hiato porque se não fosse hiato não era acentuada pela silaba tônica "I" ou por não receber por não encaixar na regra das paroxítonas em suas terminações é isso Otoniel Peixoto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alexandre, a palavra "países" é acentuada porque é hiato seguido de "s".

      Dê uma olhada nas regras básicas de acentuação gráfica dos hiatos neste link: http://bit.ly/1p4HOGp

      Excluir
  17. Em relação a questão 09 a resposta correta seria a letra B mesmo, mas eu acho que a letra D também estaria correta. Tem como alguém me explicar se estou certa ou errada?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. as palavras "catéter" e "Cristovão" estão não estão acentuadas corretamente, por isso, a d) não está correta.

      Excluir

Lista Vip

Coloque o seu email abaixo para receber nossas dicas em primeira mão:

Delivered by FeedBurner