Encontros vocálicos e consonantais

Você sabe o que são encontros vocálicos e encontros consonantais? Você os utiliza o tempo todo em suas falas, em suas escritas e quiçá nem tenha se dado conta. Veja um exemplo bem prático abaixo, que encontrei no Uol Educação: 

Dois garotos se encontraram na rua:
- Ei! Oi!
- E aí, meu?

Observe que os garotos usaram apenas 1 consoante e 9 vogais.

Encontros vocálicos
Encontros vocálicos é o nome que se da quando dois (ou mais) sons vocálicos (vogais e/ou semivogais) encontram-se adjacentes numa palavra. Classificam-se em ditongos, tritongos e hiatos.

Ditongo
Ditongo é o encontro de uma vogal e uma semivogal pronunciadas numa só silaba. Ex.: Cai (a = vogal, i = semivogal), Mário (i = semivogal, o = vogal). Os ditongos podem ser divididos em 4 blocos distintos:
  • Crescente (SV + V – uma semivogal seguida por uma vogal). Ex.: quadro, trégua, miséria, gávea;
  • Decrescente (V + SV – uma vogal seguida por uma semivogal). Ex.: flauta, caixa, fortuito, sótão, pônei.
Assim, se a vogal vier primeiro, o ditongo será decrescente, se a semivogal vier primeira, será crescente. O ditongo pode ser:
  • Oral (o ar sai todo pela boca). Ex.: enfeite, chapéu;
  • Nasal (o ar sai parcialmente pelas fossas nasais). Ex.: comunhão, mãe, esperam, vem.
Tritongo
Tritongo é quando se tem uma vogal entre duas semivogais pronunciadas numa só sílaba – (SV+V+SV).Ex.: Uruguai, averiguei, enxaguou etc. O tritongo pode ser:
  • Oral (o ar sai todo pela boca). Ex.: Paraguai, averiguei, quais;
  • Nasal (o ar sai parcialmente pelo nariz). Ex.: saguão, enxáguam.
Nos tritongos nasais uam, uem não se registra graficamente a segunda semivogal. Ex.: mínguam (minguãu); enxágüem

OBS: "O tritongo é formado por SEMIVOGAL + VOGAL + SEMIVOGAL. Em uma sílaba não pode haver mais de uma vogal, e não há sílabas constituídas apenas de consoantes na Lingua Portuguesa. Como o tritongo é o encontro de três vogais na mesma sílaba, então naturalmente só há uma destas três vogais que fica como base da sílaba, as outras duas serão semivogais" (InfoEscola).

Hiato
Segundo o site Significados.com.br a palavra "hiato tem origem no termo Latim “hiatus”, cujo significado é “abertura, fenda, lacuna”, abrangendo diferentes conceitos e aplicações. De acordo com a linguística, hiato é o encontro de dois sons vocálicos cujas vogais são separadas na divisão de sílabas. São necessários dois esforços de voz para pronunciá-las, ao contrário do ditongo em que há um único esforço de voz e as vogais permanecem na mesma sílaba."

Exemplos:
  • memória: me-mó-ri-a
  • democracia: de-mo-cra-ci-a
  • viela: vi-e-la
  • saída: sa-í-da
  • poesia: po-e-si-a
  • saara sa-a-ra
  • raiz ra-iz
  • saúde sa-ú-de
  • compreendo compre-endo
Em ideia (i-dei-a), há também o ditongo "ei", pois as duas vogais estão juntas na mesma sílaba.

Encontros consonantais
Encontro consonantal é a reunião de duas ou mais consoantes na mesma palavra, sem vogal entre elas:

Exemplos:
  • pedra
  • plano
  • atleta
  • crise
  • porta
  • ritmo
  • lista
  • pneu
  • psicólogo
OBS: "Não confunda com dígrafo! Quando as duas consoantes formam um único som, ou quando uma das consoantes tem som vocálico, não se caracteriza um encontro consonantal"
Exemplos:
  • planta
  • passo
Os encontros consonantais podem ser:
  • Perfeitos – Consoantes pertencentes a uma mesma sílaba. Ex.: blu-as, bri-as, pra-to;
  • Imperfeitos – Consoantes em sílabas diferentes. Ex.: af-ta, ab-so-lu-to, a-rit-mé-ti-ca, ad-vo-ga-do;
  • Mistos – agrupamentos consonantais que misturam os dois modos descritos. Ex.: fel-tro, dis-pli-cen-te, dês-tro.

0 comentários:

Postar um comentário